NOTÍCIAS

14/10/2017
Sociedade Rural de Toledo homenageia Elio Sperafico e Eugênio Piazza
A Sociedade Rural de Toledo mantém a tradição de homenagear pessoas que contribuíram com o desenvolvimento agropecuário de Toledo e região.

Anualmente a entidade entrega uma placa em forma de reconhecimento às pessoas que dedicaram sua vida à agricultura, contribuindo para a pujança econômica do Município. 

Os homenageados deste ano foram o pecuarista Elio Sperafico e o agropecuarista Eugênio Piazza, que recebeu uma homenagem póstuma entregue à família. Na solenidade, ele foi representado por sua neta, Francielli Piazza.

É muito importante porque deixou o legado que o trabalho dignifica o homem.

 A vida toda ele trabalhou com agropecuária, pecuárias e suinocultura. Deixou isso para os filhos netos, e toda família, afirmou Francielle. 


Elio Sperafico se mostrou surpreso com a homenagem e diz que o que sempre fez foi trabalhar pelo progresso. 

Não sei se eu mereço essa homenagem. De especial nunca fiz nada. O que fiz foi sempre trabalhar para a pecuária e para conquistar algum progresso.


 Há seis décadas vivendo em Toledo, Elio Sperafico diz que sempre acreditou o potencial produtivo do Município e que a Expo Toledo teria a grandeza que tem atualmente. 

Eu sempre acreditei no futuro e da grandeza da Expo Toledo. A região promete. Faz 60 anos que vivemos e a gente conhece o potencial que temos, afirma Sperafico.

 
BIOGRAFIAS
Eugênio Piazza nasceu em Guaporé, no Rio Grande do Sul, em 23 de novembro de 1927. Chegou em Toledo em 1960, aos 32 anos.

Trabalhou com seu irmão durante três anos na Serraria Piazza. Em 1963 iniciou a atividade na suinocultura, onde está até hoje localizada na Granja São Roque, que é referência, que é referência nacional em genética de suínos vendendo reprodutores para praticamente todos os Estados do Brasil.

Foi responsável pela introdução da raça Duroc no Paraná. Em 1973, juntamente com o dr Julio do MAPA viabilizaram a importação da raça Landrace no estado.
Em 1980 deixou a suinocultura para os filhos e iniciou na atividade de bovino de corte. Em 1983 deixou, sêo Eugênio trouxe para Toledo um reprodutor da raça Chianina, sendo um pioneiro no cruzamento industrial, além de ser um grande incentivador do segmento agropecuário.

Também colaboro na construção da Catedral, Instituto João Paulo II, da Capela da Usina e também do Clube Caça e Pesca. 

Elio Sperafico: chegou a Toledo em janeiro de 1957 se estabelecendo em Vila Nova. Trabalhou como comprador de suínos que eram levados para Ponta Grossa. Em 1975 comprou seu 1º lote de gado de corte que é sua atividade de paixão eram 133 vacas da raça Nerole e mais três touros.

Sempre foi um grande incentivador de setor pecuário e da Sociedade Rural de Toledo.
Contribuiu desta forma com o desenvolvimento do segmento agropecuário do nosso estado, sendo um dos pioneiros na introdução da raça Simental do oeste do Paraná.

Também participou de forma ativa, junto à comunidade de Vila Nova, na construção da Igreja Católica, do Clube Flor da Serra atual Clube Grêmio Vila Nova e na construção do Colégio Santos Dumont, como início da Paróquia do Jardim Porto Alegre.